Quinta, 27 Abril 2017 12:39

Prefeitura de Garça ministrará palestra sobre o legado do escritor Monteiro Lobato

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

 

A Secretaria de Gestão Administrativa e o Arquivo Público Municipal de Garça realizarão uma palestra na manhã do próximo dia 3 de maio, destacando o legado do escritor Monteiro Lobato para a Literatura Brasileira, na Escola Estadual Professor Alcyr da Rosa Lima. Serão apresentadas para os alunos as contribuições daquele que foi o precursor da Literatura Infantil no Brasil, com fundamental importância para a formação de novos leitores.

A palestra será ministrada por Ana Lúcia Galdino de Carvalho, assessora de gabinete do Arquivo Público Municipal e terá início às 8h30. Ela é graduada em Biblioteconomia e Arquivologia pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Marília. Monteiro Lobato criou um universo para a criança enriquecida pelo folclore, buscou o nacionalismo na ação das personagens que refletiam na brasilidade, na linguagem, comportamentos e na relação com a natureza, aspectos que serão apresentados na palestra.

Registrado com o nome de José Renato Monteiro Lobato, o mesmo nasceu na cidade de Taubaté, São Paulo, no dia 18 de abril de 1882. Era filho de José Bento Marcondes Lobato e Olímpia Monteiro Lobato. Alfabetizado pela mãe, logo despertou o gosto pela leitura, lendo todos os livros infantis da biblioteca de seu avô o Visconde de Tremembé. Fez o curso secundário em Taubaté. Ingressou na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco na capital, formando-se em 1904.

Conhecido entre as crianças, Lobato dedicou-se a um estilo de escrita com linguagem simples, onde realidade e fantasia estão lado a lado. Foi responsável pela criação de inesquecíveis histórias. Sua primeira publicação foi “A menina do Narizinho Arrebitado”, lançada no Natal de 1920, fazendoum grande sucesso.

Suas obras foram traduzidas para quase todas as línguas, incentivando a formação de novos leitores. Por outro lado, é notável também sua atuação no campo editorial, considerando-se que tinha habilidades inovadoras de estratégias de marketing para a época, o que contribuiu significativamente para o seu êxito literário e editorial. Foi Lobato quem revolucionou o sitema de distribuição de livros, alterando seus aspectos interno e externo (capa, ilustração, tipo de letra) .

Além de sua herança literária, Lobato marcou a vida intelectual do país com importantes frases, tais como “Um país se faz com homens e livros”, ou “Quem mal lê, mal ouve, mal fala, mal vê”. É notável ainda nos dias de hoje a grande contribuição deste escritor para a Literatura Brasileira.